A baixa gastronomia e o slow food na Europa e EUA.

 

Comida é mais do que fonte de energia para o sustento do corpo, é um elemento parte da cultura ao redor de todo o mundo. Basta prestarmos atenção aos momentos de convívio que envolvem o ritual de uma refeição, onde podemos observar comportamentos, ideias e pensamentos que determinam como interagimos socialmente.

 

Dentro de macro tendências como lowsumerism, sustentabilidade e naturalismo, a baixa gastronomia surge como uma micro tendência onde se valoriza o alimento por sua origem e suas caracteristicas mais naturais possíveis, sem glamourizar, sem gourmetizar.

Comida é comida e ponto final. 

 

Slow food, simples

BAIXA GASTRONOMIA

sustentável, local, 

orgânico, sazonal. 

 

Dá uma olhada no que descobrimos com cinco exemplos de negócios e ideias que se engajam no movimento da baixa gastronomia mundo afora!  

 

 

 

POCO CAFE

O bar café itinerante é criação do Eco chef Tom Hunt que desde o verão de 2004 faz um tour pelos foods festivals em toda Inglaterra com seu Poco Loco e Poco Marocco. Em suas receitas Tom é adepto do “Mantra da sustentabilidade:  local, sazonal e orgânico“.  Kebabs, ceviches e tapas feitas de modo simples mas que misturam a influência multicultural de suas viagens gastronômicas pelo mundo. 

 

 

 

MALTBY ST MARKET 

Londres é a capital do street food, e entre tantas opcões de mercados de rua o Maltby St Market fica na vizinhança do mainstream Bourought Market, mas trás na sua essência as raízes da comida simples mas muito bem feita. Confort food é a definição. Misto quente, croissants, steak de fritas, cerveja artesanal são alguns dos seus must eat regulares.

 

 

 

 

THE TRUE FOOD KITCHEN

Rede de restauantes americana com cozinha aberta onde o cliente acompanha o prepato dos pratos, mostrando que não há segredo na preparação que usa ingredientes orgânicos de fazendas e produtores locais em várias cidades do país.

 

 

 

 

SAVE THE DATE CAFE

O café tem sede no coração de Brick Lane, no jardim comunitário de Nomadic em Shoreditch em Londres, e é uma instituição sem fins lucrativos. A filosofia é pague o quanto achar que a comida vale, pois “qualquer pessoa tem direito a comer uma comida boa, não importa sua verba”. Para suas receitas, o café trabalha com coleta de sobras de locais famosos como Borough Market e Teds Veg que tem implementado a cultura do não desperdício do que não é vendido.

 

 

 

 

LULU'S LOCAL EATERY

Pratos vegetarianos utilizando ingredientes orgânicos e de produtores locais. Mas qual o diferencial desse FT? Uma horta particular no teto do caminhão fornece os itens básicos para os pratos como temperos e hortaliças.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload